aaaasonho

Tem tanto tempo que não lembro dos meus sonhos…    

 @@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Eu escrevo por pura teimosia. Quando não consigo dormir, não quero comer, conversar, ver ninguém. Nem TV. Nem ler.

Então, escrevo.

Capricornianamente, escrevo. Pra não esquecer. Pra lembrar de lembrar.

Escrevo pra falar de coisas que se apagarão da minha cabeça, fugirão da minha alma, feito pluma no vento.

Escrevo pra fazer barulho no teclado e não ouvir o ruído do coração.

Escrevo pra me despedir das dúvidas, descartar as possibilidades, colecionar sugestões.

Escrevo como quem senta no boteco pra falar bobagem.

Escrevo até embaralhar as letras, sentir dor nos punhos, trocar as linhas, cochilar no teclado.      

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Passa uma vida… Pra aprender a dividir o que há de mais fundo: Medos, angústias, poesias que boiam dentro do peito sem que ninguém saiba, dúvidas, suspiros, planos, choros solitários no Box do chuveiro sem que ninguém ouça, dores guardadas, abraços antigos, velhas esperanças, frios na barriga, vertigens, gozos, musicas íntimas, pânicos, alegrias plenas, respirações curtas, olhares eletrizantes, crises de riso cúmplices, amores e desamores.

Histórias de quem fui, como fui, até ser aqui.

E te falta coragem de ouvir.

Anúncios

2 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s