Arquivo da tag: Livro

Lonely Rainbow Queen

Eu acabei de descobrir esse ilustrador.

O nome dele é Emmanuel Malin.

…E eu tou a-pai-xo-na-da!

***

Não vai parar de chover nunca mais, Vera?

***

Trabalho, café e um belo tablete Cacau Show Orgânico, com 52% de sólidos de cacau… nada mau.

***

Comi lasagna de bacalhau, feita pela vovó. Dilícia!!

Mas tou meio enjoada de bacalhau. Toda semana santa da minha vida teve bacalhau. E lá se vão 36, rumando pra 37. Num quero mais, não.

Tou pensando em “inventar moda”.

Se vc tiver uma coisa bem diferente, vc me manda?

email para: bela.caleidoscopica@gmail.com.

Meu espírito e meu estômago agradecem antecipadamente.

***

Eu recebi por twitter a dica do Mylifetime.com

Mas o que me pegou mesmo foi  “The Break Up Diaries”.

Adolei!

***

Tou me coçando pro dois motivos:

Leite Derramado &

Palavra (En)cantada.

***

Pronto. Acabô-se a brincadeira!

Pode voltar!

Minha saudade já tá incomodando demais!

Anúncios

Entre romãs, cafés, amores e copos de leite

Eu e Fal.
Eu fui lá, beijoquei a autora e levei meu exemplar
‘tografado com amor, dos Minúsculos Assassinatos.
Já li, já amei, já to relendo.

Mimetismo amoroso é aquilo…num tem como negar o affair:
eu, minha-Béw e Vuvu-minha,
de meias cinza, vestidos e sapatinhos pretos.

A Inara, minha sócia fundadora da Bestolândia,
figura mais Chuck Norris do planeta,
no momento Mini Hang Loose
com a Nane da Fal – outra delícia cremosa.

Fal autografa e Sofofa dita.
Olha essas belezuras, pelamordesantocristo!
Peceguinha e Vuvu, lindas!
Black and brown is beatiful, râni!

Eu não sei onde vocês andaram, mas eu tava no céu!

Da série: Coisas boas da vida


Essa é uma daquelas coisas que dão aquele calorzinho bão no coração, que renovam nossa fé na humanidade, que nos dão a doce certeza de que um dia, ah, um dia, as pessoas são devidamente reconhecidas pelo talento, nesse mundo recheado de tanto Zé D’en D’água.

Não percam, não deixem de comprar, ler, dar de presente, recomendar. E, se puderem ir lá, não deixem de ir. Além dela, em pessoa, o tanto de gente absolutamente fandárdega que essa moça junta não é brincadeira!